Loading

Hop-on hop-off

Ainda remexendo nas minhas notas londrinas, pareceu-me valer a pena contar que fiz uma daquelas viagens em autocarro com primeiro andar sem capota, vulgarmente chamadas hop-on hop-off.Sentei-me no primeiro andar, que o sol enganava e os vidros são, apesar de tudo, um entrave a ver bem. E, claro, coloquei os auriculares nos ouvidos para ouvir a tradução […]

ler mais

Histórias londrinas com palavras

Tenho estado ausente deste espaço devido a uma viagem a Londres, que se revelou, no entanto, muito pródiga em histórias sobre palavras e, portanto, manteve sempre presente o blogue da Letrário*. A primeira surgiu materializada num dos pesadelos dos tradutores para português: numa estação de metro avisavam as pessoas de que estavam a ser filmadas por […]

ler mais

A escrita dos números

Números e letras são às vezes vistos em oposição, às vezes em combinação. O que nem toda a gente sabe é que a escrita dos números em textos deve obedecer a um conjunto de regras razoavelmente extenso. Estranhamente, porém, os prontuários raramente dedicam a estas regras um apartado especial. Talvez porque os prontuários se tenham […]

ler mais

É complicado…

Creio ser tempo de declarar oficialmente que o adjetivo “complicado” é a palavra eleita pelos falantes portugueses para referir, em geral… todas as dificuldades. Há emoções complicadas e factos complicados; há pessoas complicadas e imprevistos complicados; decisões complicadas, dias complicados… “Difícil” é palavra démodée, considerada insuficiente, incapaz de transmitir as complexidades do que é penoso. […]

ler mais

Cliente-mistério

Nunca entenderei a razão de terem chamado cliente-mistério a um falso cliente que entra num estabelecimento para avaliar o funcionamento da organização, sem que esta saiba que aquele cliente não está a agir por interesse próprio. Quando estes profissionais estão em atividade, ou seja, quando estão a desempenhar o papel de clientes, eles devem ser […]

ler mais

Atenção à “antimatéria” da linguagem

À medida que o fim do resgate pela troika se aproxima, à medida que vão sendo noticiados sinais de retoma económica, adensa-se a dúvida sobre se o governo optará por um programa cautelar subsequente ao resgate ou se preferirá uma “saída à irlandesa”. Talvez possamos contar com uma certa caraterística da linguagem para nos ajudar […]

ler mais

O português sob pressão

  Muitas vezes, quando estamos a conversar, enganamo-nos a escolher as palavras. Especialmente se falamos para uma audiência alargada, é natural que aconteça. Quando escrevemos, porém, temos a oportunidade de rever e eliminar todas as escolhas erradas. Quem disse esta frase, se a tivesse escrito, teria certamente corrigido para “Estou de bem com a minha […]

ler mais