Loading

Do “infinitivo só”

Caro Alberto Gonçalves, sociólogo e colunista da revista Sábado Não senhor, não está sozinho* a importar-se com esta moda do “Dizer que” para início de conversas, especialmente as de circunstância: discursos, debates etc. Por exemplo, assim: “Dizer que é muito importante continuarmos a bater-nos pela correção da língua portuguesa.” Mas não são só os jornalistas, sabe? Há […]

ler mais

Operação Nomeação

Sempre que vejo anunciada uma operação policial – operação Monte Branco, Furacão, Apito Dourado, Face Oculta… – imagino um punhado de senhores agentes à paisana em volta de uma mesa mal iluminada a alinhar argumentação e contra-argumentação para chamar a uma operação isto ou aquilo. Vejo-os também a gargalhar profusamente no meio deste esforço de nomeação. […]

ler mais

Traições de ouvido

Durante esta semana, aqui no blogue da Letrário, foram recordados os significados de “soalheiro” e de “solarengo”. É frequente a confusão entre as duas palavras: tanto se parecem que se ouve por aí dizer, por exemplo, de um escritório que é muito solarengo, querendo dizer-se que lhe bate o sol com abundância. Mas “solarengo” vem de “solar” […]

ler mais

Formação novo acordo ortográfico

A Letrário foi encarregada de várias sessões de formação sobre o chamado novo acordo ortográfico para a língua portuguesa. As sessões têm corrido muito bem e as avaliações têm sido muito positivas. Vejam-se alguns exemplos de apreciação: “Formação muito bem conseguida.” “Comunicação clara e objetiva. Diversos exemplos práticos.” “Dinâmica. Fez com que os formandos estivessem […]

ler mais

Jogo de palavras

Uma das coisas boas de vivermos rodeados de dicionários e outras listas de palavras é podermos dedicar-nos neles àquilo a que os brasileiros chamam, por derivação de sentido, “garimpagem”. E que sentido desviado é este? Cito o dicionário Houaiss para melhor esclarecer: “pesquisa minuciosa de palavras, expressões, textos etc.” Pois é isto precisamente o que se […]

ler mais

Relatórios e contas

Ontem foi entregue ao cliente mais um relatório e contas traduzido. Desta vez, foram 51 000 palavras para francês, em apenas três semanas. O prazo curto, para documento tão técnico e extenso, deixou a equipa com borboletas na barriga, pela responsabilidade e pelo desafio. A Marta atirou-se ao planeamento e à seleção dos tradutores. A […]

ler mais

Foi o senhor que pediu um proto-LEC?

Então, tenho de começar por lhe explicar que um proto-LEC é um conceito criado pela Letrário* e corresponde a um documento, de uso restrito à equipa da Letrário e ao cliente a que diz respeito. Contém todas as informações de interesse linguístico e prático sobre uma organização nossa cliente: desde o óbvio glossário de termos […]

ler mais

Encontros felizes e infelizes

É uma espécie de praga repentina: liga-se a televisão, abre-se um relatório e contas e lá vem a confusão da moda, uma e outra vez. Há duas expressões cujo núcleo é a palavra “encontro”, mas uma tem sentido negativo e outra tem sentido positivo. “Ir ao encontro de” é a que tem sentido positivo: significa […]

ler mais