Os aspetos com influência num orçamento de tradução

Temos muitos clientes que nos perguntam frequentemente como fazemos os nossos orçamentos de tradução. Ou que, por vezes, nos comparam com outras empresas de tradução. Nós sabemos como este tema de orçamentos de tradução é importante para todos e, por isso, decidimos escrever este post onde explicamos em detalhe quais os elementos que compõem um orçamento de tradução.

1 – Número de palavras e línguas envolvidas

A orçamentação de uma tradução, localização ou revisão de tradução parte normalmente do preço por palavra. Em teoria, portanto, bastará sabermos o número total de palavras de um documento, a língua de partida e a língua de chegada para sabermos o valor de uma tradução. Por esta razão, algumas pessoas, sabendo que o preço por palavra não é igual de língua para língua, pedem orçamentos indicando apenas estes elementos: línguas e número de palavras. No entanto, na Letrário, aconselhamos sempre a que nos enviem os ficheiros editáveis. Isto porque com recurso a software especializado no apoio ao serviço de tradução conseguimos reduzir o número de palavras a traduzir e, portanto, reduzir significativamente o orçamento. Em certo tipo de documentos, estas economias podem ser muito significativas e, nos orçamentos de tradução da Letrário, são indicadas as economias obtidas desta forma. Por outro lado, os grandes volumes beneficiam de descontos de quantidade. Em contrapartida, por vezes, o número de palavras a traduzir é muito pequeno: não mais de 100 ou 200; por vezes até menos. Muitas vezes, nestes casos, no entanto, o objetivo é traduzir para um grande número de línguas, o que implica envolver o mesmo número de tradutores de língua materna. Podem ser, facilmente oito ou dez. Nestes casos, o esforço de coordenação da equipa de tradutores e revisores excede em muito o esforço de tradução de um número de palavras muito reduzido. E este é um facto que se reflete no orçamento também.

2 – Prazo de execução

Mas na elaboração de um orçamento, não conta apenas o número de palavras. Na verdade, também o prazo de execução tem influência no orçamento. Se uma tradução for urgente, a tradução será necessariamente mais cara. Muitas pessoas pensam que esta elevação de preço corresponde a um aproveitamento de circunstâncias, mas não é assim. Uma tradução que se faz num tempo mais reduzido do que seria necessário pode implicar a repartição do texto por vários tradutores, implicando sempre o reforço das operações de controlo da tradução na fase de revisão. Não podemos permitir, por exemplo, que uma palavra correspondente a um mesmo conceito seja traduzida de maneira diferente, porque dois tradutores diferentes trabalharam na mesma tradução. Temos de assegurar a consistência. Ou seja, uma tradução urgente pode implicar o aumento da equipa dedicada ao projeto, mas implica com certeza o esforço empenhado, bem como implicará o replaneamento do trabalho da equipa e, muitas vezes, o recurso a horários extraordinários.

Por todas estas razões, é aconselhável fazer um planeamento dos projetos, de modo a evitar traduções urgentes. Caso sejam inevitáveis, o orçamento poderá refletir o esforço acrescido que implicam, embora, na Letrário, se faça um esforço sistemático para evitar agravar os orçamentos por este motivo.

3 – Regularidade

Alguns clientes têm necessidades regulares de tradução sempre das mesmas línguas de partida para as mesmas línguas de chegada. Nestes casos, para evitar a constante interrupção com orçamentação e adjudicação, são acordadados previamente valores por palavra e por urgência típicas. Nestes casos, apenas são orçamentadas traduções cujas caraterísticas sejam atípicas. A todas as outras são aplicados os valores e regras previamente acordados.

4 – Tempo de execução

Há serviços de tradução cuja base de orçamentação não é a palavra, mas o tempo de execução. É o caso da interpretação de conferências, serviço sempre prestado por equipas de dois intérpretes que se vão revezando a cada meia hora. Consoante a extensão e o tipo de evento, a Letrário não dispensa, para a prestação deste serviço, um coordenador de equipa que zela por que tudo corra da melhor forma e por que o cliente possa estar sempre perfeitamente descansado.

Precisamente por acreditarmos que a melhor forma de orçamentar é atendermos muito concretamente a cada caso e fazermos cada orçamento à medida de quem o pede, na Letrário, há uma pessoa no Apoio ao Cliente dedicada a receber os pedidos de orçamento e a esclarecer todos os aspetos necessários a uma orçamentação rigorosa e benéfica para o cliente: línguas, prazo ideal de entrega, objetivos de comunicação, recomendações do cliente, se há documentos editáveis etc.  Assim zelamos previamente pela satisfação dos nossos clientes.

Caso necessite de um orçamento de tradução, localização ou revisão, poderá entrar em contacto connosco clicando aqui.